Dor de cabeça pode ser causada por disfunção na mandíbula  A Disfunção Articulação Têmporo-Mandibular (ATM) é um distúrbio que afeta a articulação responsável pela abertura e fechamento da boca e se caracteriza por dores na nuca e ombros, cansaço, formigamentos, irritabilidade, dificuldade de concentração, muitas vezes estalos na mastigação, zumbidos no ouvido, rouquidão e nó na garganta, sendo que, a maioria das pessoas que sofrem com DTM não conhece a origem destes sinais. É causada por diversos fatores, dentre eles o stress, encaixe inadequado dos dentes, hábitos como roer unhas ou ranger os dentes, bruxismo, má postura e respiração bucal.

A DTM afeta principalmente as mulheres entre 25 e 45 anos, embora o problema possa ocorrer em ambos os sexos e em qualquer faixa etária. Pode ser confundida com enxaqueca, problemas neurológicos, otite e dores de dente e existem diversos tratamentos que vão desde a adequação das articulações, reposicionamento da língua e correção postural até a reabilitação da mordida, de acordo com cada paciente. Ao identificar os sintomas, o ideal é procurar um dentista, a fim de que se faça à indicação correta para o tratamento. Estima-se que 38% das dores de cabeça têm alguma relação com a ATM. Aproximadamente 70% da população apresentam algum dos sinais deste mal sendo que desses, apenas 5% procuram tratamento adequado.

Vale lembrar, que atualmente, com ampla divulgação das características da DTM entre profissionais de saúde e pacientes, há uma tendência maior para acertos no diagnóstico.