A cirurgia de Remoção dos Terceiros Molares (Sisos), sem dúvidas, é uma das maiores angústias que afligem nossos jovens, pois sempre existe uma história aterrorizante de um conhecido que já se submeteu a este procedimento. No entanto, na Clinilan, a Cirurgia dos Sisos é executada com o mínimo de desconforto para os nossos pacientes, pois são planejadas cuidadosamente, baseando-se em exames clínico e radiográfico completos, e realizadas por um profissional de alta capacidade e experiência, cujo histórico mostra mais de mil e quinhentas cirurgias de siso realizadas. Nossa preocupação primordial é oferecer uma odontologia diferenciada, com técnicas e tática cirúrgicas que preservam a biologia e o conforto do paciente, garantindo um trans e pós-operatório com conforto e tranqüilidade.

A opção por manter sisos com indicação de exodontia pode trazer riscos à saúde o paciente!

  • A presença de siso inferior incluso diminui a quantidade de osso atrás do 2º molar e dificulta a limpeza da região, aumentando o risco de doença periodontal, inflamação na gengiva e cáries.
  • Uma outra infecção que pode ocorrer é a pericoronarite, que ocorre nos tecidos moles em volta da coroa de dentes parcialmente inclusos devido ao trauma ou impactação alimentar, aparecendo com freqüência nos sisos inferiores. Esta infecção causa dor e inchaço local nos casos mais suaves e nos casos mais graves pode causar intensa dor refletida para o ouvido e cabeça, dificuldade para deglutir, aumento do volume da face, mal-estar, febre, trismo (dificuldade de abrir a boca), havendo necessidade de antibioticoterapia e, às vezes, até de hospitalização dependendo da gravidade.
  • A pericoronarite é um foco de infecção, que pode se disseminar por todo organismo, aumentando o risco de problemas cardíacos e nos casos de gestantes, o risco de partos prematuros e crianças nascidas com baixo peso.
  • Em alguns casos o dente incluso pode causar pressão suficiente sobre a raiz do dente adjacente causando reabsorção.
  • O folículo dentário que acompanha o dente incluso antes do seu irrompimento pode causar a formação de cistos ou tumores de origem odontogênica.
  • Um siso incluso na mandíbula ocupa um espaço que seria ocupado normalmente por osso. Isso enfraquece a mandíbula deixando-a mais susceptível às fraturas.
  • Há também os casos de indicação ortodôntica, pois na maioria das vezes, um siso incluso pode interferir no tratamento ortodôntico sendo recomendada a sua extração antes do início da terapia ortodôntica.

E, não se esqueça, é sempre preferível interceptar a remediar um problema!